Escola Hospitalar

Home Ações e Programas Escola Hospitalar

O Hospital do Subúrbio (HS) também é uma “escola” para crianças e jovens internados na unidade hospitalar. Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Esporte, Cultura e Lazer (Secult), responsável pelo Programa Criança Viva, o HS proporciona atendimento escolar durante o período de internação desses pacientes.

A chamada “Escola Hospitalar” assegura o atendimento escolar durante o período de hospitalização de crianças, adolescentes e de pais que nunca tiveram acesso à escolaridade. Com ética, compromisso e responsabilidade, o programa oportuniza a continuidade dos estudos desses pacientes, reintegrando-os em sua série de origem após alta médica.

Garantir às crianças e jovens hospitalizados atendimento pedagógico-educacional-hospitalar que lhes possibilite a continuidade das suas atividades escolares e reintegrar à escola aqueles que estão fora do contexto escolar são, portanto, os principais objetivos da Escola Hospitalar. Ela também tem como finalidade incentivar o crescimento e desenvolvimento somatopsíquico, intelectivo e sócio-interativo do aluno-paciente, fortalecer o vínculo entre a criança e o seu processo de aprendizagem, sanar dificuldades de aprendizagem e oportunizar a aquisição de novos conhecimentos intelectivos, bem como amenizar o medo e o sofrimento da criança e do jovem durante o seu período de internação hospitalar.

Por meio das metodologias sócio-construtivista e interacionista, o aluno da Escola Hospitalar tem a oportunidade de criar, expressar-se com autonomia e desenvolver atividades educacionais descontraídas e diversificadas. O projeto pedagógico inclui a realização de vivências que desenvolvam a capacidade de raciocínio lógico e de se relacionar com o mundo através das percepções e do imaginário. O projeto percorre as diversas áreas do conhecimento, relacionando-as aos conteúdos programáticos de acordo com a faixa etária e grau de escolaridade dos alunos-pacientes.

A Escola Hospitalar é dividida em cinco turmas: Educação Infantil para crianças de 2 a 5 anos de idade, Ensino Fundamental I para pacientes de 6 a 10 anos de idade, Ensino Fundamental II para pacientes de 11 a 17 anos, uma turma para alunos impossibilitados de se locomoverem e outra direcionada à alfabetização de pais e acompanhantes.

Como ocorre em toda escola, o professor elabora o seu plano de aula, onde faz anotações sobre as áreas do conhecimento envolvidas nas atividades vinculadas ao projeto pedagógico, a metodologia, recursos didáticos e físicos, e aspectos observados no decorrer da aula quanto ao comportamento, participação e interesse dos alunos-pacientes. Antes de serem iniciadas as aulas, é realizada uma anamnese pedagógica para saber do paciente o que ele espera da escola no hospital e como se sente. Após o período de escola hospitalar, o aluno e o seu responsável legal fazem uma avaliação sobre o período de acompanhamento da criança na Escola Hospitalar do HS.