Programa Bem Estar, da Globo, destaca musicoterapia no HS

Home Notícias do HS Programa Bem Estar, da Globo, destaca musicoterapia no HS

O cantor Armando Lui, em ação em uma das UTIs do HS

O projeto de musicoterapia desenvolvido pelo Hospital do Subúrbio (HS), intitulado “Cantando a Esperança”, ganhou destaque no programa Bem Estar, da Rede Globo, no dia 23 de novembro. A reportagem falou sobre os benefícios que a música proporciona aos pacientes internados nas UTIs e enfermarias do hospital.

A ex-paciente Ester Costa, que esteve internada por dois meses no HS, deu o seu depoimento, explicando como a música a fortaleceu e a ajudou a ter confiança no seu processo de recuperação. O projeto “Cantando a Esperança” foi criado em setembro de 2016 e já coleciona relatos emocionantes de pacientes e acompanhantes que comprovam os efeitos de natureza emocional provocados pela música, contribuindo para mudanças de comportamento e elaboração de sentimentos num processo interno a cada paciente.

As canções chegam às UTIS e enfermarias do HS pela voz do músico Armando Lui, cantor do projeto. Elas falam sobre paz, superação da dor, pertencimento, coragem, força de vontade e transposição de obstáculos, estimulam a reflexão e alcançam as emoções, além de harmonizarem o ambiente hospitalar.

Além de Armando Lui, a reportagem do programa Bem Estar ouviu a médica do HS Cyntia Lins, coordenadora das UTIs, e Miriam Alves, psicóloga do HS. Enquanto Miriam ressaltou os benefícios de ordem emocional, como a melhora no humor e na autoestima, os efeitos biológicos foram citados por Dra. Cyntia, como a normalização da pressão sanguínea, o estímulo da capacidade respiratória e até mesmo a redução na percepção de dor. A reportagem pode ser vista acessando aqui