Equipe multidisciplinar realiza atividades lúdicas para crianças no HS

Home Notícias do HS Equipe multidisciplinar realiza atividades lúdicas para crianças no HS

Vestido de palhaço, “Tio Natan” divertiu pacientes e acompanhantes

No mês em que se comemorou o Dia das Crianças, o Hospital do Subúrbio (HS) vivenciou um dia de atividades lúdicas, levando entretenimento às crianças internadas na Enfermaria Pediátrica e descontração para amenizar o sofrimento de pacientes mirins na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.
A ação, ocorrida em 10 de outubro, foi promovida pelo Grupo de Trabalho de Humanização do HS em parceria com a Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce. O profissional da Central de Material Esterilizado (CME) Natan Nascimento, conhecido como “Tio Natan”, também se uniu ao grupo, fazendo a garotada sorrir ao atuar caracterizado de palhaço.

A professora Irami Lopes, Natan Nascimento e Daniella Bonfim distribuíram livros para as crianças

Na enfermaria, foram realizadas brincadeiras, com música e animação. As crianças assistiram a vídeos e ganharam livros e brinquedos que haviam sido doados pelos colaboradores do hospital. De acordo com a assistente social Daniella Bonfim, a atividade teve como objetivo promover a educação em saúde em um espaço lúdico (a brinquedoteca), em companhia dos pais e responsáveis. “O estar hospitalizado não impede que a alegria da infância esteja presente. A educação e a saúde como parceiras articuladas ao cuidar, o educar e o brincar asseguram o bem-estar do paciente”, acrescentou a professora Iramí Lopes, da Escola Municipal Hospitalar.
A assistente social Karine Gomes explica que, para as crianças internadas sob ventilação mecânica, na UTI, a equipe multidisciplinar do HS entregou livros para os familiares, que foram orientados a ler para esses pacientes. Assim, todo o público infantil pôde participar, de forma democrática, da comemoração pelo Dia das Crianças. A alegria contagiante do “Tio Natan”, que também é líder comunitário do Subúrbio Ferroviário de Salvador, esteve igualmente presente na UTI.
Segundo a assistente social Elane Tomaz, “o evento permitiu fortalecer o vínculo da família/equipe com o paciente pediátrico, promovendo o bem-estar do paciente, visando a harmonizar e humanizar as ações no espaço hospitalar”.