Representantes do escritório das Nações Unidas visitam Hospital do Subúrbio

Home Notícias do HS Representantes do escritório das Nações Unidas visitam Hospital do Subúrbio

005Após ser apresentado a autoridades e especialistas internacionais em Medellín, na Colômbia, durante o Fórum do Serviço Público das Nações Unidas e conquistar o Prêmio na categoria ‘Melhoria na prestação de serviços públicos’, o Hospital do Subúrbio tornou-se benchmarking para o setor, devido ao sucesso na implementação e os resultados apresentados pela gestão. Nesta quarta-feira, dia 05, representantes do Escritório das Nações Unidas para Serviços de Projetos, a gerente do Programa para o Brasil, Suelma Rosa dos Santos, e o assessor sênior das Associações Público-Privadas da América Latica e do Caribe, Mario Maza, estiveram na unidade para conhecer a experiência bem-sucedida no Subúrbio Ferroviário. Eles assistiram a apresentações sobre a estrutura organizacional e a formatação da PPP do HS, além de percorrer as instalações e conferir in loco o funcionamento de vários setores do hospital.

“O hospital é um modelo inovador que precisa ser observado e a ser replicado não só no Brasil, como em toda a América Latina. A UNOPS é especializada na área de infraestrutura hospitalar na região e um dos maiores problemas que observamos é que, uma vez que é estabelecida a infraestrutura, a operação e a manutenção, ao longo do tempo degrada a unidade construída. Uma solução, com modelo de operação por PPP, traz garantias de que a qualidade do serviço e a atualização tecnológica necessária, bem como a manutenção predial, serão garantidas. E talvez seja este o maior ganho de ter um modelo de gestão hospital por PPP. Nota-se a olhos a diferença entre uma unidade operada dessa maneira e uma outra que não tem previsão de recursos para manutenção. Esse é o maior diferencial”, destaca a gerente do Programa para o Brasil da UNOPS, Suelma Rosa dos Santos.

Acompanhando a visita, a coordenadora de Projetos Especiais de PPP da Secretaria da Fazenda (Sefaz), Priscila Romano, disse que o braço operacional da ONU trabalha com projetos, e que auxilia governos a implementar novas políticas públicas e novas formas de atuação. “Com a visibilidade internacional, por conta da procura de outros estados e municípios interessados em adotar o modelo, e através da Rede PPP – liderada pelo coordenador da Secretaria Executiva do Programa de PPP da Bahia, Rogério Princhak, que tem feito movimentos nacionais para capacitar e compartilhar esse conhecimento, a UNOPS tem se mostrado interessada em apoiar e desenvolver projetos na área. O que é muito importante, já que hoje no país faltam projetos. Essa tecnologia precisa ser transferida. E essa parceria vai abrir novas possibilidades de implantação de projetos como esse em diferentes lugares do Brasil. Os números e os resultados estão aí e fazem toda diferença. No final, quem ganha é a população”.

“Estou muito impressionado com os resultados que estou vendo e os benefícios e impactos para a comunidade, quem realmente precisa do serviço público de qualidade. Desejo que esse experiência seja replicada em mais países, porque exemplos positivos precisam ser multiplicados para o maior número de pessoas possíveis”, ressaltou o assessor sênior das Associações Público-Privadas da América Latica e do Caribe, Mario Maza.

De acordo com a diretora-geral do Hospital do subúrbio, Dra. Lícia Cavalcanti, a PPP tem alcançado os resultados devido ao acompanhamento, monitoramento e fiscalização feitas por uma equipe multidisciplinar, com médicos, enfermeiros, contadores, administradores, entre outros profissionais e esse envolvimento assegura a resolução de problemas em parceria. “Atualmente possuímos a Acreditação nível 1, conquistada em 2012, e conquistamos o nível 2 ainda em agosto de 2014, quando recebemos a visita do Instituto Qualisa de Gestão (IQG) – instituição credenciada pela ONA (Organização Nacional de Acreditação)”.

UNOPS Brasil

A UNOPS Brasil abriu seu escritório em Brasília em 2012 e trabalha com projetos relacionados a duas das três áreas de trabalho da UNOPS: gestão de projetos e infraestrutura, oferecendo uma combinação de serviços de implementação, assessoria e transacionais.

Os principais parceiros são tradicionais agências da ONU (PNUD, ONU-HABITAT, UNESCO, PNUMA, ONU Mulheres, UNFPA), assim como entidades governamentais. Junto a algumas agências da ONU, a UNOPS gerenciou a construção do primeiro módulo do Complexo Casa da ONU, em Brasília, edifício que abriga algumas das agências presentes no Brasil.

O segundo módulo, a ser construído em seguida, está em fase de projeto. A UNOPS também executou a infraestrutura temporária de três áreas em que foram realizados eventos paralelos na Conferência Rio+20: Arena da Barra, Pier Mauá e Parque dos Atletas, e administrou os contratos de serviços necessários.

A UNOPS Brasil também está trabalhando na diversificação de seus projetos, assim como no portfólio de seus parceiros, em que vem discutindo a provisão de serviços de assessoria em atividades de infraestrutura e gestão de projetos.

 

Ascom/Hospital do Subúrbio
(71) 3271-8674