Hospital do Subúrbio investe em cursos de atualização para profissionais da assistência

Home Notícias do HS Hospital do Subúrbio investe em cursos de atualização para profissionais da assistência

Cursos foram focados nos atendimentos às situações críticas

Manter o corpo técnico capacitado e atualizado para fornecer sempre um atendimento  com qualidade e segurança ao paciente. Esta é uma das prioridades do Hospital do Subúrbio (HS). Para isso, a unidade de saúde realiza, frequentemente, cursos periódicos de capacitação e atualização com os seus profissionais da assistência.

Além do Basic Life Support (BLS), que chegou à sua segunda edição no dia 9 de julho, voltado para os profissionais da área de enfermagem, médicos do HS tiveram a chance de participar dos cursos Suporte Avançado de Vida em Cardiologia (ACLS), nos dias 7 e 8 de julho,  Fundamental Critical Care Support (FCCS) e do Advanced Trauma Life Support(ATLS), que aconteceram em junho. As iniciativas contaram com supervisão da Gerência Médica e de Enfermagem, da Coordenação Médica da Emergência e da Educação Permanente do Hospital do Subúrbio.

Os cursos foram focados nos atendimentos às situações críticas e com riscos de vida, conforme padrões validados pelas seguintes instituições: Associação de Medicina Intensiva Brasileira (FCCS) e Life Support Treinamento e Simulação (BLS e ACLS). “Os cursos têm um perfil de imersão, para que o corpo técnico tenha a chance de se atualizar com relação às condutas que são vivenciadas no cotidiano do hospital”, disse Andreia Ferreira, enfermeira e coordenadora da educação permanente do HS.

O HS, de acordo com a sua política de incentivo da capacitação profissional e de retenção de talentos, patrocinou 50% do valor da inscrição de cada participante. O profissional contribuiu com a mesma porcentagem. Os cursos intercalaram atividades teóricas e práticas, com estações de simulação. Ao final das atividades, os participantes foram submetidos a avaliações para verificar de que forma o conteúdo foi assimilado.

“Achei a iniciativa muito importante para a equipe. Além da capacitação, visa a motivação e o reconhecimento do profissional”, disse Cyntia Lins, médica e coordenadora da Terapia Intensiva Adulto do HS.