HS participa de audiência promovida pela OPCEB

Home Notícias do HS HS participa de audiência promovida pela OPCEB

A coordenadora do Serviço Social, Aline Grimaldi, representou o HS no encontro

Representantes de hospitais públicos estaduais – incluindo o Hospital do Subúrbio (HS) – de ouvidorias de órgãos dos Executivos Municipal e Estadual, do Ministério Público e demais instituições estiveram reunidos na 2ª audiência pública do Subúrbio Ferroviário e adjacências realizada no dia 11 de novembro, no Ministério Internacional Comunidade Cristã – IBAJ, em Paripe. Promovido pela Ouvidoria Popular Comunitária Evangélica do Brasil (OPCEB), o encontro serviu como canal de diálogo entre a população e gestores dos diversos órgãos para discutirem as demandas da região.

O HS esteve representado no evento pela coordenadora do Serviço Social, Aline Grimaldi. Durante a audiência, líderes comunitários e moradores do Subúrbio Ferroviário manifestaram sua satisfação em relação ao atendimento prestado pelos profissionais da unidade hospitalar.

A coordenadora Aline Grimaldi mostrou seu contentamento diante dos elogios e destacou o empenho das lideranças junto aos gestores municipais para resolverem as dificuldades de acesso ao hospital, devido ao transporte público deficitário. A falta de segurança no entorno do HS também foi outro aspecto apontado pelos moradores, que demonstraram engajamento para a resolução da questão que afeta tanto a população local quanto os próprios profissionais da unidade hospitalar.

Segundo Aline Grimaldi, a audiência foi bastante positiva por dar voz aos moradores, que puderam fazer uma avaliação a respeito da assistência oferecida pelo HS a seus usuários. Na ocasião, a OPCEB prestou homenagem “pela dedicação e trabalho desenvolvido no fortalecimento das ouvidorias e bom atendimento aos cidadãos” à diretora médica do HS, Lícia Cavalcanti, à coordenadora do Serviço Social do HS, Aline Grimaldi, e à assistente social Luciene Macêdo, da Unidade de Coleta da Hemoba localizada no HS.

A OPCEB é uma organização social de interesse público que agrega líderes evangélicos da Região Metropolitana de Salvador e, assim como toda ouvidoria popular, tem como objetivo apurar as denúncias de violação de direitos, abuso de poder, negligência ou má gestão dos serviços públicos geralmente voltados à saúde, transporte, contenção de encostas e educação.