Atuação do médico enquanto líder é reforçada em comemoração pelo seu dia

Home Notícias do HS Atuação do médico enquanto líder é reforçada em comemoração pelo seu dia

Médicos do HS em almoço comemorativo

Em 18 de outubro, comemorou-se em todo o país o Dia do Médico. Para prestar homenagem a este profissional que no seu labor diário busca aliviar o sofrimento humano, curar enfermidades, preservar a saúde do paciente e prevenir doenças, o Hospital do Subúrbio (HS) promoveu um momento de confraternização, em almoço festivo realizado no dia 21 de outubro, no auditório da unidade hospitalar, especialmente decorado para a ocasião.
Coordenadores e médicos dos diversos setores do HS compareceram ao evento, que contou previamente com uma apresentação do desempenho do hospital no período de junho a setembro de 2011. Embora as unidades de saúde dependam da integração dos mais variados profissionais para funcionarem de forma adequada, com a atuação interdisciplinar das equipes de enfermagem, fisioterapia, nutrição, psicologia, serviço social e outras, a diretora médica do HS, Lícia Cavalcanti, esclarece que “o médico tem um papel de extrema relevância na condução do trabalho que é desenvolvido, particularmente na gestão do cuidado ao paciente”.
Para Lícia Cavalcanti, o médico deve atuar no ambiente de trabalho enquanto um líder, já que é o condutor do plano terapêutico para cada paciente.

Dados

Antes do início efetivo das comemorações pelo Dia do Médico, o corpo clínico do HS assistiu a uma apresentação dos indicadores quantitativos e qualitativos do hospital no período compreendido de 14 de junho de 2011 a 13 de setembro. A explanação dos dados foi feita pelo gerente médico, Jorge Motta, seguida da exposição do médico da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Alan Brito, que falou sobre gerenciamento de riscos.
Os números de atendimento e produção de serviços no Hospital do Subúrbio mantiveram a mesma trajetória de índices positivos, obtidos desde a sua operação plena. Nos três meses analisados (junho a setembro), foram atendidas 31.655 pessoas, considerando-se as Emergências Adulto e Pediátrica e o Ambulatório de Egressos. Neste intervalo de tempo, o Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT) realizou 176.448 exames. Foram 3.115 pacientes internados e 1.921 cirurgias.
O gerente médico Jorge Motta ressaltou o elevado grau de satisfação dos usuários do HS, que vai de 92% a 96%, medido através da aplicação de 4.005 opinários. Os dados ainda mostram que 81% dos pacientes atendidos no HS são provenientes do Subúrbio Ferroviário e seu entorno.

Visita do IQG

Realizado com três dias de atraso da data oficial, o evento festivo pelo Dia do Médico teve de aguardar o relatório final dos quatro avaliadores do Instituto Qualisa de Gestão (IQG), empresa credenciada à Organização Nacional de Acreditação (ONA), que visitaram o HS em 17, 18 e 19 de outubro.
O objetivo da visita foi tecer um diagnóstico organizacional, a partir da verificação in loco da prática assistencial do HS. “Esta é uma visita educativa, na qual procuramos conformidades, de acordo com as exigências do manual da ONA. Vamos avaliar dentro do método que o hospital escolheu o quanto ele está seguro e conforme”, afirmou a líder da visita do IQG, Lêda Bellini.
Após percorrerem os setores da unidade hospitalar e analisarem o seu funcionamento, os avaliadores informaram os resultados baseados nas evidências. Segundo a diretora médica do HS, Lícia Cavalcanti, o relatório apontou as não-conformidades que precisam ser sanadas e os aspectos positivos encontrados. “Por tudo o que foi exposto, estamos otimistas de que temos energia para buscar a certificação em setembro de 2012”, disse confiante.