Crianças desfilam em baile de carnaval

Home Uncategorized Crianças desfilam em baile de carnaval

Os "cordeiros" Eluan Cruz (à esq.) e Tiago Santos

Crianças das unidades de Internação Pediátrica I e II do Hospital do Subúrbio (HS) tiveram um dia de foliãs, com direito a máscaras de carnaval e confetes. Para marcar o período do Carnaval 2011, o hospital realizou no dia 3 de março – quinta-feira de Carnaval – um animado baile que reuniu crianças, pais, profissionais dos setores de Psicologia, Serviço Social, Enfermagem, Higiene, além de maqueiros e auxiliares administrativos da área de Pediatria.
Ao som de marchinhas, todos participaram do “mini-bloco” que contou com “cordeiros” à frente do grupo. O auxiliar de Jardinagem, Eluan Cruz, e o auxiliar de Higienização, Tiago Santos, ajudaram a puxar o bloco, segurando a fita improvisada que funcionava como corda. “Foi uma experiência única. Até então eu não tinha participado de um ato como o que ocorreu. Criança precisa de atenção”, afirmou Eluan.
Acostumado a participar de ações comunitárias, Tiago Santos ficou feliz ao ser chamado para o carnaval das crianças no hospital. “Quando estou em meio às crianças, parece que sou eu o caçula da turma”, revelou. Tanto Tiago quanto Eluan deixaram claro que, havendo novas oportunidades e campanhas no hospital, não querem ficar de fora. “A qualquer hora, participo de novo e com muito orgulho”, prometeu Tiago.
Para a festa, os pequenos foliões confeccionaram suas próprias máscaras orientados pela equipe multidisciplinar do HS e seus acompanhantes. Incluí-los no processo de produção da fantasia foi uma forma de estimular a criatividade e promover momentos de descontração durante a permanência dos pacientes nas enfermarias.
Para a coordenadora do Serviço Social do HS, Aline Grimaldi, ações como essa proporcionam lazer, alegria e ajudam na recuperação das crianças, já que mexem com a autoestima daquelas que estão hospitalizadas sem poder correr ou brincar como lhes convêm. “Resolvemos realizar, com o carnaval, um trabalho de humanização e interação entre as crianças das duas enfermarias e o corpo funcional do hospital. Ficamos gratos em proporcionar momentos como esse a pessoas que nunca vivenciaram tais experiências”, disse.
Programas pautados na humanização dos serviços fazem parte do dia a dia do HS. Hoje, o hospital dispõe de brinquedoteca, contadores de histórias e escola hospitalar, além de comemorar junto às crianças eventos, como Páscoa, Dia das Crianças e Natal.